Buscar
  • José Amorim de Oliveira Júnior

A Falácia de uma Vida Equilibrada

💡 Os grandes homens e mulheres que deixaram seus legados para a humanidade: Martin Luther King, Marie Curie, Einstein, Freud, Nietzsche, Dostóievski, Shakespeare, Gandhi e tantos outros. Suas existências não foram nada equilibradas, mas sim intensas.⁣



💖 Eu valorizo muito o equilíbrio e a temperança e considero importante cuidar das diversas áreas da nossa vida: profissional, emocional, saúde física, lazer, vida amorosa, todas recebendo a devida atenção que merecem.⁣

⁣

Porém, em alguns momentos da nossa vida, é importante abrir mão do Equilíbrio.⁣

⁣

🚀 Quando temos um objetivo de vida muito importante a ser alcançado, muitas vezes o preço a ser pago é um DES-equilíbrio, ainda que momentâneo, temporário: ser aprovado em um concurso público, concluir um Mestrado, um Doutorado, estruturar uma empresa, aceitar o desafio de uma nova carreira, um novo cargo, cuidar de um filho recém-nascido... esses são alguns exemplos de situações em que você focará em uma área da sua vida (intelectual, financeira, profissional, familiar...) e canalizará suas energias para aquela área, até que aquele desafio esteja superado e você possa voltar a um estado de “equilíbrio”, distribuindo sua energia e seu tempo para as outras áreas da sua vida.⁣

⁣

💠 Períodos de grande desenvolvimento e grandes realizações geralmente são marcados não por uma vida equilibrada, mas sim por uma vida intensa, focada em um projeto ou objetivo específico, experiências que nos desafiam até o nosso limite.⁣

⁣

💡 Pense nos grandes homens e mulheres que deixaram seus legados para a humanidade: Martin Luther King, Marie Curie, Einstein, Freud, Nietzsche, Dostóievski, Shakespeare, Gandhi e tantos outros. Suas existências não foram nada equilibradas, mas sim intensas.⁣

⁣

💙 O Economista Joseph Schumpeter criou o conceito de Destruição Criativa, um movimento pelo qual algo velho é destruído e se constrói algo novo com potencial de crescimento. O DES-equilíbrio dinâmico provocado pelas inovações gera crescimento e uma economia sadia. O DESEQUILÍBRIO é a chave para o desenvolvimento. Sem o DESEQUILÍBRIO, provocado pela inovação, não há desenvolvimento.


Sobre a importância do DES-EQUILÍBRIO, compartilho o texto "Ostra feliz não faz pérola”, de Rubem Alves:


“Fui convidado por uma empresa a dar uma palestra sobre saúde mental. Aceitei sem pensar muito. Sou psicanalista e devo saber o que é saúde mental. Quando a data se aproximava, pus-me a pensar e descobri que eu não sabia o que era saúde mental. Para uma empresa, quando é que um funcionário tem saúde mental? Ele tem saúde mental quando os seus pensamentos e emoções não interferem no seu desempenho na empresa: não falta, produz, tem boas relações. A empresa usa para avaliar o seu funcionário os mesmos critérios de avaliação da “saúde” de uma peça de uma máquina. Peça boa é aquela que não exige reparos e funciona sempre. Para que isso aconteça é preciso que a peça esteja totalmente ajustada à “ideia” da máquina. Assim, um funcionário com saúde mental é aquele cuja alma está ajustada à alma da empresa. Ajustamento produz contentamento. Aí comecei a pensar nos homens que tenho no meu coração. Foram todos DESAJUSTADOS e infelizes. Van Gogh, Walter Benjamin e Maiakóvski cometeram suicídio. Nietzsche ficou louco. Fernando Pessoa era dado à bebida. Então, as pessoas que amo não tinham saúde mental. Não eram ajustadas. Então, por que as amo? Pelas coisas que elas produziram. As pessoas ajustadas são indispensáveis para fazer as máquinas funcionar. Mas só as desajustadas pensam outros mundos. A CRIATIVIDADE vem do desajustamento. Imagine que nossa sociedade é louca. As evidências dizem que sim. Estar ajustado a essa sociedade é estar ajustado à sua loucura. Então, há um tipo de “saúde mental” que é uma manifestação de loucura. Mas aqueles que são lúcidos, que percebem a loucura da sociedade e sofrem com ela, desajustados, são os que verdadeiramente têm saúde mental."


👉 E você, já teve que pagar o preço para realizar algo grande em sua vida, ainda que tivesse que, por algum período, abrir mão do equilíbrio? Já conseguiu retomar ao Equilíbrio?⁣

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo