Buscar
  • José Amorim de Oliveira Júnior

HONRE A SUA HISTÓRIA⁣

Honre a sua história! Ela é única, assim como você é único.⁣

Quando honramos a nossa história de vida, deixamos de brigar com ela, fazemos as pazes com o que aconteceu, a CULPA se transforma em REDENÇÃO. Lembre-se: aquilo que você fez, naquele momento, era o melhor que você podia ter feito, com a experiência e maturidade que você tinha naquele momento. Sei que, se fosse hoje, você faria diferente, não é? Então, FAÇA a DIFERENÇA, agora! Você não pode voltar no passado e mudá-lo, mas pode mudar a forma como vê as coisas, como se vê. Pode soltar as amarras do passado, focar no Presente e agir diferente, AGORA.⁣



Quando honramos a nossa história de vida, deixamos de nos COMPARAR com as outras pessoas e não nos sentimos mais inferiores a ninguém. Quando somos pequenos, muitos de nós, infelizmente, fomos machucados e feridos quando pessoas de quem esperávamos amor e acolhimento (pais, professores, amigos...) nos comparava com outras pessoas e isso nos fazia sentir inferiores, isso destruía nossa auto-estima e carregamos conosco esse sentimento de inferioridade. Não precisamos continuar fazendo isso! Perdoe aquela pessoa que te comparava com outros. Provavelmente, ele fazia isso com alguma boa intenção, de te estimular, sem imaginar que estava te fazendo tanto mal. Mas você não precisa prolongar esse dano. Pare de se comparar com as outras pessoas. Entenda que cada um de nós temos o nosso tempo, nosso ritmo e, quando entendemos isso, se necessário, podemos acelerar o passo, respeitando o nosso ritmo. Se gastarmos nossa ENERGIA nos maltratando, nos punindo por não ter feito algo, não teremos a ENERGIA necessária para dar os passos que precisamos dar, hoje. Não importa se alguém está à sua frente. Você está onde precisaria estar, nesse momento. Use tudo o que tem como impulso, como propulsor para chegar onde você deseja.⁣

Quando honramos e respeitamos a nossa história, deixamos de alimentar o MEDO, pois compreendemos que somos MERECEDORES do que a Vida reserva de melhor para nós. Percebemos que somos capazes e que, como uma criança, que está aprendendo a andar, se repreendermos e censurarmos a cada falha que ela comete, ela ficará triste e retraída. Seu momento chegou, olhe para o que você chama de “ERROS” e “CULPAS”, no seu passado, e enxergue-os como APRENDIZADO, como EXPERIÊNCIA. Como uma criança que está aprendendo a andar, você não tem culpa de ter caído. Os maiores aprendizados na vida acontecem quando caímos. Há pessoas que, nesse momento, ficarão felizes em poder te estender a mão para que você possa se levantar e recomeçar. Talvez nem seja quem você gostaria ou exige, mas existem essas pessoas, e existe um Ser, Deus, que sempre estará a nossa espera, com acolhimento, nos perdoando.⁣

Quando honramos nossa história de vida, nos permitimos PERDOAR e seguir em frente. Lembre-se: PERDOAR é LIVRAR-SE de algum mal, de algum peso. Às vezes, pessoas machucam a gente, nos ferem, nos fazem sofrer, e a gente fica com RAIVA delas e às vezes com raiva de nós mesmos, nos sentimos sujos, culpados ou nos revoltamos porque fomos ingênuos, por que não reagimos, por que permitimos que isso acontecesse. Lembre-se: NÃO FOI CULPA SUA! Você estava vulnerável, desprotegido, precisava de proteção e alguém se aproveitou de você. Perdoar não é aceitar ou concordar com o que alguém fez conosco, não é se tornar amigo desta pessoa, mas decidir que, a partir de agora, isso nunca mais vais interferir na sua vida! PERDOAR é dizer: EU ME LIVRO DESTE FARDO, DESTA DOR! Isso não me pertence. Raiva, mágoa, ódio, rancor são como venenos que a gente bebe, querendo dar para o outro beber. É decidir não carregar mais essa DOR, é soltar as amarras que te prendiam a algo ruim, negativo e, a partir de agora, entender que aquilo que aconteceu não tem mais o poder de te fazer se sentir mal, suja, nem culpada, nem te dominar. Não foi culpa sua!

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo