Bolsa-estágio de Iniciação Científica

A bolsa-estágio da Universidade da Plenitude, tem como objetivo criar um ambiente de aprendizagem para preparar os nossos alunos a entrar no mercado de trabalho.

CONTRAPARTIDAS E PROCESSO DE AVALIAÇÃO

BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (formato de ESTÁGIO) para alunos de escolas públicas:


Duração da bolsa de iniciação científica: 3 meses (outubro e novembro)
Valor: meio salário mínimo;


Contrapartidas:

  1. Leituras de livros e textos específicos na área de Filosofia, Psicologia e desenvolvimento humano (média de 2 livros por mês, com dedicação de 4h por dia, como atividade de estágio);

  2. Realização de exercícios práticos a serem feitos a partir dos livros a serem lidos: carta de gratidão, diário de bênçãos etc.;

  3. Atuar como multiplicador do conteúdo aprendido, preferencialmente para pessoas da família: cada aluno terá de multiplicar o conhecimento adquiro para, no mínimo, 5 pessoas/mês da sua família e/ou amigos;

  4. Elaboração de 1 redação por mês, a ser entregue ao final de cada mês, referente aos livros e textos lidos, sobre os exercícios realizados e sobre as atividades que o aluno participou (visitas técnicas, cursos etc.);

  5. Participar de um curso de desenvolvimento humano na área de inteligência emocional (INEX, Instituto Você etc.);

  6.  Participar de cursos técnicos (identificar com o aluno e responsável que curso é do interesse do aluno): informática, atendimento ao público, oratória, redação, etc. e pagar o curso e as despesas de transporte (ônibus) para ele fazer o curso no Senac ou outra escola mais próxima da sua residência;

  7.  Ministrar algumas palestras (fazer convênio / parceria com alguma universidade, faculdade ou empresa onde o aluno possa ministrar a palestra, uma por mês);

  8. Ajudar na realização dos eventos da Universidade da Plenitude;

  9. Ajudar na recepção (meio período) da Universidade da Plenitude, quando tivermos inaugurado, quando for necessário (1 ou 2 vezes por semana, no máximo);

  10. Auxiliar o aluno no encaminhamento a emprego, após o período do estágio.

  11. O aluno que foi estagiário terá o direito de indicar até 5 outros alunos para que participem de uma seleção para receber a bolsa dele, que passará para o outro aluno. A seleção será feita por uma banca: Amorim (fundador da Universidade da Plenitude); 3 monitoras da Universidade da Plenitude; 1 representante do Conselho Tutelar (Valdivino, pai da Bianca), 1 representante do CIEE ou pai/mãe de um dos alunos que são monitores. Os candidatos deverão passar por uma ENTREVISTA com esta banca e, após a entrevista, será feita a seleção do aluno que será escolhido, a partir da pontuação obtida (definir critérios e pesos:

  • pontualidade e cumprimento do horário para se apresentar, na entrevista;.

  • histórico escolar;

  • situação de necessidade do aluno;

  • grau de interesse;

  • motivação pela qual quer a bolsa (se for só dinheiro, a pontuação é menor; se tiver interesse em aprender, se desenvolver, aumentar a pontuação);

  •  projetos futuros;

  • quantidade de livros que o aluno se compromete a ler (pode ser de 2, no mínimo, a 4, que é o desejável, ou seja, 2 livros por mês);

  • quantidade de pessoas que o aluno se compromete a multiplicar o conhecimento que ele adquirir e como fará isso;

  • quantidade de palestras que o aluno se compromete a ministrar;

PROCESSOS DE AVALIAÇÃO:

  • 1 Reunião por mês com a presença de pelo menos 2 pessoas do Conselho de seleção (monitoras, conselho tutelar etc.)

  • No final do estágio o aluno estagiário deverá: 1) entregar 1 dissertação / redação sobre como foi o processo de estágio (seguindo roteiro a ser apresentado); 2) participar de uma banca composta por parceiros da Universidade da plenitude, sobre como foi o estágio; 3) Gravação de 1 vídeo bem profissional com o aluno bolsista e o seu responsável, falando sobre como foi a experiência do estágio.